Depois de anos cogitando uma aparição no mercado, os smartphones dobráveis finalmente deram o ar da graça nesta temporada. Liderados pelo Galaxy Fold, da Samsung, e pelo Mate X, da Huawei, os dispositivos tentam trazer uma diferente experiência, que une conectividade de ponta (5G) com telas flexíveis do tamanho de tablets e multitarefas nos processadores mais avançados. Mas… e a Apple?

A Maçã é a única das três maiores fabricantes mundiais a não apresentar um produto com essas características — pelo menos não por enquanto, embora já existam rumores sobre um iPhone dobrável. E o cofundador da companhia, Steve Wozniak, falou um pouco a respeito desse “atraso”.

Wozniak diz que a Apple tem estado na frente quando falamos em diversos avanços, a exemplo da identificação por impressões digitais Touch ID ou no reconhecimento facial Face ID e no pagamento digital via Apple Pay. Mas a coisa muda quando falamos de dobráveis.

“Eles (Apple) não estão na frente em coisas como os telefones dobráveis e isso me preocupa, porque eu realmente quero um telefone dobrável. Sabe, é o tipo de novas tecnologias que realmente chamam minha atenção”, disse, em entrevista ao Bloomberg.

Comentários do facebook